quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Vamos falar sobre Tireoidismo?

Hj resolvi falar com vcs sobre um assunto mto importante: Saúde. Mais especificamente vamos tratar de Tireoidismo.
Primeiro pq nos últimos tempos vira e mexe escuto a notícia: "Sabe fulano? Descobriu que está com hipotireodismo!" "Fulano começou o tratamento para hipertireoidismo!" e segundo pq é uma doença que, infelizmente, faz parte da minha vida e a conheço mto bem.

Antes de falarmos diretamente sobre isso, deixa eu contar como ela entrou na minha vida. Há quase 15 anos atrás minha mãe procurou um endocrinologista para começar uma dieta, fazendo os exames de rotina, pronto, deu diagnóstico de hipotireoidismo (um dos tipos da doença) e logo o médico já alertou "pode fazer os exames da sua mãe e das filhas que vc tiver, pq essa doença geralmente é hereditária para as mulheres da sua família". Eu, com 12 anos e minha avó fizemos e descobrimos a doença também.

Mas afinal, o que é essa doença?
"A tireoide fica no pescoço, logo abaixo do pomo-de-adão, que costuma ser mais saliente nos homens. E, segundo a médica Laura Ward, professora da Unicamp e vice-presidente do departamento de tireoide da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM), é ela que fornece energia para que a sua máquina não pare. "A tireoide produz os hormônios T3 (triidotironina) e T4 (tiroxina), que controlam a atividade dos órgãos vitais e interferem no peso, no ciclo menstrual, no raciocínio, no trabalho do intestino e na força muscular", explica."
" A glândula é regida pela hipófise, que secreta hormônios para todo o organismo. Um deles é o TSH, que estimula a tireoide a produzir T3 e T4. Quando ela fabrica esses hormônios em quantidade insuficiente, ocorre o hipotireoidismo, que deixa o corpo mais lento, como se trabalhasse com menos energia: o cansaço aumenta, os músculos ficam mais sensíveis, as unhas fracas e a concentração difícil. O metabolismo também desacelera, daí a dificuldade de perder peso."

E é justamente por causa desses sintomas que resolvi vir falar com vcs. Mtas vezes qdo vc está com esses sintomas (cansaço, fraqueza, desânimo, falhas de memória, unhas e cabelos fracos), qual é a primeira coisa que vem à sua cabeça? Ah, estou trabalhando demais, estou estressada! E em alguns casos, pode ser mais do que isso!
Com a vida agitada que levamos mtos vezes esses sintomas são facilmente confundidos com uma crise de cansaço ou estresse e as pessoas nem se preocupam em fazer exames e verificar a origem disso!

O outro tipo de tireoidismo é o hipertireoidismo. "Quando há superprodução de hormônios por causa da função aumentada da tireoide, acontece o contrário: o hipertireoidismo, que, no entanto, é bem menos comum - entre as mulheres, cerca de 3% têm a doença. Nele, os sintomas são opostos: taquicardia, insônia, fome e suor excessivos, perda de peso e desarranjo intestinal, por exemplo. (Podem ser aqueles famosos conhecidos que temos que falamos que "comem demais e não engordam de jeito nenhum"!)

Vc ainda está com dúvidas sobre a doença? Vamos ver se eu consigo esclarecer mais:
*Qual é o tratamento pra isso? Remédio. Dosado e controlado e tomado todos os dias de manhã, em jejum, enquanto o nível de sua tireoide não estabilizar (para mais ou para menos), por isso só o médico especialista (endocrinologista) pode te receitar. Cuide da alimentação também "A nutricionista funcional Daniela Jobst, de São Paulo, revela quais nutrientes não podem faltar para esse fim: iodo e selênio. "Esses minerais são matéria-prima para a produção dos hormônios tireoidianos", avisa. "A deficiência deles no dia a dia pode favorecer a desaceleração da glândula." Ela lembra que o iodo está em algas (aquela do temaki, por exemplo, que também pode ser misturada à salada, cortada em pedacinhos) e nos frutos do mar. E o selênio é encontrado principalmente na castanha-do-pará, mas também está nas nozes, nos cogumelos e nos grãos integrais."

*Só mulheres têm isso? Não. Mas o índice é menor em homens. "Para cada dez diagnosticadas com hipotireoidismo, apenas um homem tem a doença." Meu marido tb tem hipotireoidismo, fez os exames e foi diagnosticado em 2008.(É, aqui em casa a coisa é séria!)

*Como descobrir se vc tem isso? Se vc ou alguém que vc conhece tem os sintomas citados acima e se interessou em fazer os exames, procure seu médico de confiança, pode ser um clínico geral ou até sua ginecologista mesmo e peça os exames de sangue para tireoidismo (TSH e T4 Livre). Esses médicos podem fazer os pedidos, mas somente um especialista (de novo, o endocrinologista) pode te dar o diagnóstico e te passar o tratamento.

 Meninas, o tratamento não é fácil (e nem barato) mas a vida é totalmente normal. Caso haja suspeitas, não descuide de sua saúde, faça os exames. Se vc foi diagnosticada (o), isso não é o fim do mundo, faça o tratamento, é fundamental!

Imagem e informações retiradas do blog Saúde


BJOOOOS!!!!

5 comentários:

  1. Sei mto bem o que é ter problemas com a Tireoide, não sei se já percebeu em minha fotos tenho uma cicatriz entre o colo e o pescoço.
    Fiz a cirurgia em agosto de 2010 para retirar um nódulo localizado na Tireoide e para saber se o mesmo era maligno, pois na pulsão não houve identificação.
    Graças a Deus, depois de um susto e tive que passar na mesa de cirurgia 2 vezes no mesmo dia, deu tudo certo, o nódulo não era maligno, então não tinha câncer e não precisei fazer tratamento com iodoterapia.
    Mesmo eu tendo só metade da tiroide ela funciona super bem, sem a necessidade de tomar remédio.
    Mas é isso meninas, fiquem ligadas e cuidem da saúde!
    Beijos
    Ki
    www.ascoisasdaki.com

    ResponderExcluir
  2. Nossa, Ki, sabia que o problema era sério, mas não que podia dar tanta complicação!
    Que bom que deu td certo pra vc!
    Espero que sua história sirva de alerta para outras pessoas se cuidarem melhor!

    Bjos!

    ResponderExcluir
  3. Lalah, parabéns pelo post, assunto MUITO importante!
    Estava viajando e deixei posts programados, por isso acabei não passando por aqui esses dias...
    Beijinhos e AMANHÃ É SEXTA hehehehe !!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Brigada, Daia!
      Senti sua falta mesmo! rs

      Bjos!

      Excluir
  4. Quero nem ler, pq já sei de cór! hehehehehehhe

    Passei um susto mês passado, mas GRAÇAS A DEUS, o exame num deu nada!

    Mas é importantíssimo saber!

    ResponderExcluir

Deixem um comentário e façam uma blogueira feliz! :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...